Governo avalia atender demanda de fornecedores da indústria de petróleo, diz fonte

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017 20:18 BRST
 

Por Lisandra Paraguassu

BRASÍLIA (Reuters) - O governo analisa estabelecer percentuais de conteúdo local de equipamentos por segmentos na área de desenvolvimento de projetos de petróleo e gás, uma medida que atenderia demandas de fornecedores do setor, informou à Reuters nesta quinta-feira uma fonte que acompanha as discussões.

As novas regras já seriam válidas para os leilões de blocos exploratórios deste ano, disse a fonte na condição de anonimato.

Uma decisão final sobre o assunto foi mais uma vez adiada, acrescentou a fonte, após reunião nesta quinta-feira de um comitê especial que analisa a mudança nas regras de conteúdo local.

Um novo encontro foi marcado para a próxima semana.

Está definido até agora que a área de exploração dos projetos de petróleo e gás terá um percentual geral de exigência de conteúdo local.

A intenção do governo era fazer o mesmo com a área de desenvolvimento, mas pressões dos fornecedores dificultaram um acordo.

"Ainda é preciso decidir se em desenvolvimento será por setor ou global, e os percentuais. Esperamos ter uma decisão na semana que vem, mas não é garantido", disse a fonte.

O presidente do Conselho de Óleo e Gás da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), César Prata, afirmou à Reuters na véspera que representantes da indústria fornecedora do setor de petróleo estiveram reunidos na quarta-feira com o ministro Eliseu Padilha e conseguiram sensibilizá-lo com suas demandas.   Continuação...