Diretor financeiro da Cemig deixa elétrica para trabalhar no fundo Mubadala, diz fonte

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017 09:08 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O executivo Paulo Castellari, que havia assumido como diretor financeiro da elétrica mineira Cemig há cerca de dois meses, irá trabalhar para o fundo Mubadala Development Co PJSC, disse uma fonte à Reuters nesta terça-feira.

Castellari formalizou sua saída da Cemig na segunda-feira, depois de receber uma oferta para trabalhar para o fundo de investimentos de Abu Dhabi, disse a fonte, com conhecimento direto do assunto.

O Mubadala abriu um escritório no Rio de Janeiro no início do ano passado para identificar potenciais oportunidades no Brasil e gerenciar seus investimentos locais em portos, imóveis e outros setores.

Castellari ingressou na Cemig em 21 de dezembro, como parte de uma reformulação da diretoria que buscava acelerar os planos de redução de dívidas da companhia.

Ex-executivo da mineradora Anglo American no Brasil, Castellari será substituído por Adézio Lima como diretor financeiro e de Relações com Investidores, segundo comunicado da Cemig enviado ao mercado na noite de segunda-feira.

A Reuters não conseguiu encontrar Castellari para comentar o assunto.

Castellari entra no Mubadala num momento em que o fundo discute comprar fatia minoritária e injetar capital na companhia brasileira de infraestrutura Invepar, disseram três pessoas com conhecimento direto do assunto em reportagem da Reuters de 9 de fevereiro.

(Por Guillermo Parra-Bernal)