February 22, 2017 / 2:25 PM / 5 months ago

Goldman Sachs prevê recuo dos estoques globais de petróleo

2 Min, DE LEITURA

(Reuters) - O Goldman Sachs espera que os estoques globais de petróleo continuem caindo devido aos cortes de produção e ao forte crescimento da demanda, embora a oferta deva subir nos Estados Unidos.

"Nós não vemos as recentes altas nos Estados Unidos tirando dos trilhos a previsão de gradual queda nos estoques, devido ao fato de que todo o resto do mundo está mostrando sinais de aperto", disseram analistas do banco em uma nota a clientes datada de terça-feira.

"Dada a manutenção da nossa previsão de crescimento de demanda de 1,5 milhão de barris por dia para 2017, este nível mais alto de demanda deverá superar totalmente a maior produção dos EUA."

O banco reiterou sua previsão para os preços do petróleo Brent e norte-americano em alta para 59 dólares e 57,50 dólares por barril, respectivamente, no segundo trimestre, antes de cair para 57 dólares e 55 dólares no resto de 2017.

Os preços do petróleo recuavam nesta quarta-feira mas ainda eram negociados perto de máximas de várias semanas.

A alta da produção norte-americana levou os estoques de petróleo e gasolina a patamares recordes, limitando ganhos nos preços depois de eles terem subido na esteira de um acordo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), que decidiu cortar produção em conjunto com países de fora do grupo em 1,8 milhão de barris por dia.

Por Arpan Varghese, em Bangalore

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below