Empresas acionam opção e leilão de rodovias de São Paulo fica para março

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017 14:04 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Ecorodovias (ECOR3.SA: Cotações) e o Pátria Investimentos acionaram nesta sexta-feira a opção de um recurso contra proposta do concorrente no leilão de um lote de rodovias no Estado de São Paulo, informou a agência paulista de transportes, Artesp.

Os envelopes entregues pelas empresas na quarta-feira com as propostas foram abertos nesta manhã na BM&FBovespa. Elas concorrem pela concessão por 30 anos de um lote de 570 quilômetros de rodovias da região centro-oeste do Estado.

Na prática, as empresas usaram um direito de eventualmente questionar itens da proposta da concorrente, como as garantias oferecidas, por exemplo. Agora, elas terão prazo de 5 dias úteis para decidirem se exercem ou não o recurso, prazo que vence em 8 de março.

Os valores das propostas não foram divulgados.

O critério de seleção é o de maior outorga paga ao governo paulista. O pagamento será feito em duas etapas, uma primeira parcela de 397 milhões de reais, acrescida de ágio, e uma segunda, um ano após a assinatura do contrato, de valor fixo de 397 milhões de reais.

Os investimentos previstos no complexo, que liga as cidades de Araraquara, Barretos, Bauru, Franca, Marília e Ribeirão Preto, são de 3,9 bilhões de reais, sendo 3,25 bilhões nos primeiros 10 anos.

Se houver diferença de menos de 5 por cento entre as propostas, será aberto leilão viva-voz com intervalo mínimo de 4 milhões de reais entre os lances.

(Por Aluísio Alves)