Preço spot da energia elétrica sobe até 39% com chuva abaixo da média e calor

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017 17:05 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O preço da eletricidade no mercado de curto prazo, ou spot, dado pelo Preço de Liquidação de Diferenças (PLD), disparou até 39 por cento em todas regiões, exceto o Norte, por um cenário de precipitações abaixo da média mesmo em pleno período de chuvas do Brasil, disse um especialista à Reuters nesta sexta-feira.

O PLD para carga pesada em Sudeste, Sul e Nordeste ficou em 186,18 reais por megawatt-hora para a próxima semana, ante 133,87 reais na semana anterior para Sudeste e Sul e 159,77 reais para o Nordeste, segundo a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), que calcula os preços.

"A hidrologia continua ruim, e o consumo alto em função do calor", disse o sócio da comercializadora de energia Compass, Marcelo Parodi, em nota.

O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) apontou em relatório nesta sexta-feira que as chuvas na região das hidrelétricas do Sudeste, onde se concentram os reservatórios, devem ficar em 81 por cento da média em março. Já a carga de energia do sistema brasileiro deve crescer 1,1 por cento no mês.

No Norte, os preços mantiveram-se estáveis, em 33,68 reais por megawatt-hora, porque houve esgotamento da capacidade técnica de envio de energia para outras regiões.

Veja a seguir os valores do PLD para a próxima semana:

CARGA SE/CO S NE N

pesada 186,18 186,18 186,18 33,68   Continuação...