Ações europeias fecham perto de maior alta em 14 meses antes de discurso de Trump

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017 15:57 BRT
 

Por Danilo Masoni

MILÃO (Reuters) - As ações europeias subiram nesta terça-feira com os investidores aguardando o primeiro discurso do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ao Congresso dos EUA em busca de mais detalhes sobre cortes de impostos e planos de gastos em infraestrutura.

O índice STOXX 600 .STOXX subiu 0,2 por cento, aos 372 pontos, para encerrar uma sequência de quatro sessões de quedas e concluir fevereiro com alta de 2,8 por cento, perto de uma máxima em 14 meses atingida mais cedo neste mês. O índice FTSEurofirst 300 .FTEU3 subiu 0,16 por cento, a 1.458 pontos.

As ações europeias saltaram mais de 10 por cento desde a eleição de Trump em novembro, com os mercados acionários globais também subindo na expectativa de que ele adote políticas econômicas expansivas. Também agradou aos investidores os dados confirmando uma recuperação da economia na Europa e uma virada nos ganhos das empresas.

Mas nesta terça-feira investidores disseram que havia riscos de que o discurso de Trump decepcione, o que pode provocar uma onda de vendas de ações.

"O discurso desta noite vai ter que incluir um delineamento convincente e de alto nível dos cortes de impostos e dos aumentos dos gastos para que a euforia seja sustentada", disse Trevor Greetham, chefe de multiativos da Royal London Asset Management, em relatório.

Antes do discurso, Trump defendeu na segunda-feira um aumento "histórico" nos gastos militares, gerando altas em papéis de empresas de defesa e engenharia. Uma autoridade da área de orçamento da Casa Branca disse que aumento potencial nos gastos com defesa pode ser de 54 bilhões de dólares.

O índice europeu dos setores aeroespacial e de defesa subiu 2,1 por cento para seu maior patamar desde dezembro de 2015.

  Continuação...