Atividade da indústria da zona do euro atinge máxima de 6 anos por euro mais fraco, aponta PMI

quarta-feira, 1 de março de 2017 07:13 BRT
 

Por Rahul Karunakar

(Reuters) - A expansão da atividade industrial da zona do euro acelerou em fevereiro para o ritmo mais forte em quase seis anos, de acordo com a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) divulgada nesta quarta-feira que também mostrou que um euro mais fraco aumentou a demanda por exportações.

O PMI final de indústria do IHS Markit para a zona do euro subiu para 55,4 em fevereiro, nível mais alto desde abril de 2011, de 55,2 em fevereiro e preliminar de 55,5, permanecendo bem acima da marca de 50 que indica crescimento da atividade.

O subíndice de produção saltou para 57,3, também o nível mais alto em quase seis anos.

"As empresas têm sido mais otimistas este ano sobre o futuro do que em qualquer momento desde a crise da dívida da região. As empresas estão informando demanda mais forte tanto interna quando dos mercados de exportação, com o euro enfraquecido dando um impulso para ajudar nas vendas", disse o economista-chefe do IHS Markit Chris Williamson.