Anac pode rever medida se preço não cair com mudança em franquia de bagagem, diz ministro

quinta-feira, 2 de março de 2017 17:46 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, disse que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) pode eventualmente rever a decisão de autorizar a cobrança separada do despacho de bagagens se a medida não resultar em queda no preço das passagens.

"O Ministério está de olho e vai acompanhar. Já comunicou as empresas que se essa medida efetivamente não resultar em uma queda no preço da passagem ela não faz sentido e pode ser revista (pela Anac)", disse.

(Por Leonardo Goy)