Exportação de soja do Brasil tem recorde para fevereiro

sexta-feira, 3 de março de 2017 19:57 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - As exportações de soja do Brasil atingiram um volume recorde para o mês de fevereiro de 3,51 milhões de toneladas, alta de 72 por cento ante o mesmo mês de 2016 e quase quatro vezes superior aos embarques de janeiro, informou nesta quinta-feira a Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

Com exportações acumuladas nos dois primeiros meses do ano de 4,4 milhões de toneladas, o Brasil registra o início de temporada de embarques de soja mais acelerado desde que os registros da Secex começaram, em 2006.

As exportações têm sido favorecidas por uma maior disponibilidade do grão, em meio a um início de colheita em ritmo recorde no país.

Os grandes embarques de soja renderam 1,4 bilhão de dólares ao país no mês passado.

A soja tem sido nos últimos anos o principal produto da pauta da exportação do Brasil, o maior exportador global da oleaginosa.

Com a colheita avançando em bom ritmo, os contratos futuros da soja negociados na bolsa de Chicago, referência internacional, foram pressionados nesta quinta-feira.

O contrato maio da soja fechou em queda de 14,50 centavos, ou 1,4 por cento, a 10,3725 dólares por bushel, com operadores citando a safra brasileira.

Os embarques brasileiros poderiam estar ainda mais fortes não fossem os problemas registrados em fevereiro para o escoamento da soja na BR-163, no trecho não pavimentado no Pará. Com as chuvas intensas na região, atoleiros se formaram, causando grandes congestionamentos de milhares de caminhões.

O governo federal informou nesta quinta-feira que está trabalhando para normalizar o tráfego de veículos na região, enquanto exportadores estão amargando prejuízos de milhões de dólares.   Continuação...

 
Caminhão é carregado com grãos de soja em campo na cidade de Primavera do Leste, no Matro Grosso
07/02/2013
REUTERS/Paulo Whitaker