Top-5 reduz estimativas para taxa básica de juros e vê Selic a 9% em 2017

segunda-feira, 6 de março de 2017 09:27 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O grupo que mais acerta as previsões na pesquisa Focus do Banco Central reduziu as perspectivas para a taxa básica de juros tanto neste ano quanto no próximo, depois que o BC indicou que o cenário básico é de antecipação do ciclo de queda dos juros.

O Top-5, que reúne as instituições que mais acertam as projeções, reduziu a expectativa para a Selic em 2017 a 9 por cento, de 9,50 por cento anteriormente. Para 2018, a projeção caiu ainda mais, a 8,75 por cento ante 9,25 por cento.

No levantamento geral divulgado nesta segunda-feira, não houve alterações, com a perspectiva para a Selic sendo de 9,25 por cento ao final de 2017 e 9,0 por cento em 2018.

O BC afirmou que uma intensificação do ritmo de corte nos juros básicos equivale a maior grau de antecipação desse ciclo de flexibilização, segundo ata da última reunião, reforçando que pode acelerar o passo em breve.

Para a inflação, a pesquisa com uma centena de economista não teve mudanças, com a alta do IPCA estimada em 4,36 por cento este ano e em 4,50 por cento no próximo. Para ambos, a meta oficial de inflação é de 4,5 por cento, com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual.

Por sua vez, as estimativas para a atividade econômica melhoraram ligeiramente, com a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) em 2017 calculada em 0,49 por cento, 0,01 ponto percentual a mais, acelerando em 2018 a 2,39 por cento, 0,02 ponto acima da semana anterior.

 
Logo do Banco Central na sede da instituição, em Brasília.  15/01/2014  REUTERS/Ueslei Marcelino