Mercados europeus recuam pressionados por Deutsche Bank

segunda-feira, 6 de março de 2017 14:31 BRT
 

Por Kit Rees e Danilo Masoni

(Reuters) - Os mercados acionários europeus recuaram nesta segunda-feira com as ações bancárias pressionadas pelas perdas do Deutsche Bank após o banco alemão apresentar uma chamada de investimento de 8 bilhões de euros como parte de uma grande reorganização.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,54 por cento, a 1.473 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,52 por cento, a 373 pontos.

As perdas, entretanto, foram limitadas por novos acordos nos setores de automóveis e gerenciamento de ativos.

O Deutsche Bank recuou quase 8 por cento, sendo o maior peso sobre o índice bancário europeu, que caiu 1,2 por cento.

Os bancos Credit Suisse e Banco BPM também recuaram mais de 4 por cento.

O Deutsche Bank, que também anunciou uma reforma de sua estrutura empresarial e planos para listar seu braço de gerenciamento de ativos para levantar dinheiro extra, iniciará a emissão de ações em duas semanas.

O PSA Group avançou 2,7 por cento após a montadora francesa concordar em comprar a Opel da General Motors em um acordo de 2,2 bilhões de euros.

O acordo vai criar uma gigante regional que será um desafio para a líder Volkswagen, cujas ações caíram 0,8 por cento.   Continuação...