Consumo privado impulsiona crescimento econômico da zona do euro no 4º tri

terça-feira, 7 de março de 2017 07:18 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - O consumo das famílias e a recuperação do investimento garantiram o crescimento econômico na zona do euro nos últimos três meses do ano passado, mostraram nesta terça-feira dados da agência de estatísticas europeia, Eurostat.

A Eurostat confirmou sua estimativa anterior de que a economia dos 19 países que usam o euro cresceu 0,4 por cento sobre o trimestre anterior, e 1,7 por cento na comparação anual.

A agência informou que o consumo das famílias contribuiu positivamente com 0,2 ponto percentual ao número trimestral final, e os investimentos de capital somaram mais 0,1 ponto, recuperando-se após contribuição negativa de 0,1 ponto no terceiro trimestre.

Os estoques e os gastos do governo colaboraram com mais 0,1 ponto cada, enquanto o comércio líquido subtraiu 0,1 ponto.

(Reportagem de Jan Strupczewski)