Futuros do minério de ferro ampliam perdas com fraqueza do mercado de aço

terça-feira, 7 de março de 2017 10:12 BRT
 

MANILA (Reuters) - Os contratos futuros do minério de ferro na China caíram pelo terceiro dia nesta terça-feira, pressionados por crescentes estoques da commodity nos portos chineses e por preços mais fracos do aço.

O declínio ampliou as perdas dos futuros do minério, que já somam 11 por cento desde que os contratos atingiram máxima histórica no mês passado e tem repercussão também nos negócios com minério no mercado físico.

"Os preços do minério subiram este ano com a recuperação das margens das siderúrgicas na China", disse o analista Vivek Dhar, do Commonwealth Bank of Australia, em nota. "No entanto, é improvável que as margens no aço mantenham-se elevadas por tanto tempo, à medida que as usinas elevam produção."

O contrato de minério de ferro mais negociado na bolsa de Dalian caiu 2,2 por cento nesta terça-feira, para 661,50 iuanes (96 dólares) por tonelada. O contrato tocou 741,50 iuanes em 21 de fevereiro, maior valor desde seu lançamento na bolsa em outubro de 2013.

O contrato mais ativo do vergalhão de aço na bolsa de Xangai encerrou em queda de 0,5 por cento, a 3.494 iuanes por tonelada.

Os estoques de minério de ferro importo nos principais portos chineses alcançaram 130,05 milhões de toneladas em 3 de março, disse a SteelHome, o maior volume desde 2004, quando a consultoria começou a monitorar os dados.

O minério de ferro com entrega imediata no porto de Qingdao ficou praticamente estável nesta terça, a 89,80 dólares por tonelada, ante 89,73 dólares na véspera, segundo o Metal Bulletin.

(Por Manolo Serapio Jr.)