BC aprova sistema de registro de informações envolvendo garantia sobre imóveis e veículos

quinta-feira, 9 de março de 2017 19:29 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O Banco Central divulgou nesta quinta-feira que autorizou o funcionamento dos sistemas de registro de operações de crédito com garantia da BM&FBovespa, da Cetip e da Serasa, abrindo espaço para a coleta e disponibilização de informações sobre financiamentos com garantias constituídas sobre imóveis e veículos automotores.

Em nota, o BC informou que a investida busca "aperfeiçoar as condições que garantam um adequado funcionamento do processo de concessão de crédito, com redução dos riscos e, consequentemente, dos custos associados".

O diretor de Regulação do BC, Otávio Damaso, afirmou que a medida vai colaborar fundamentalmente com a supervisão do BC, sofisticando o nível de detalhamento sobre a exposição dos bancos. Será possível identificar inconsistências e eventuais fraudes, por exemplo, sobre a diferença entre o valor de avaliação de um imóvel e o valor dado como garantia com base no ativo.

"O objetivo principal é alimentar o nosso processo de supervisão e naturalmente dar mais qualidade para nossa regulação, tanto a prudencial quanto a macroprudencial", disse.

Os bancos terão até 31 de outubro para fazer o registro obrigatório das operações com garantias constituídas sobre imóveis e veículos junto às empresas autorizadas pelo BC.

Questionado se esse custo adicional com o qual as instituições financeiras terão que arcar não será repassado aos consumidores, potencialmente encarecendo os financiamentos, Damaso avaliou que não haverá aumento do spread bancário em função da exigência.

"É questão de eficiência. Ao passo que você tem mais informação e informação de qualidade, todo o sistema se torna mais eficiente e mais seguro", afirmou, apontando que no longo prazo a medida deve contribuir para a redução de custos.

NOVAS MEDIDAS   Continuação...