Índice sobe em movimento de recuperação; Cemig é destaque de alta

segunda-feira, 13 de março de 2017 11:24 BRT
 

Por Flavia Bohone

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da Bovespa subia nesta segunda-feira, após acumular queda superior a 3 por cento na semana passada, com as ações da Cemig entre os destaques positivos diante de notícia sobre planos para subsidiárias.

Às 11:22, o Ibovespa subia 1,02 por cento, a 65.337 pontos. O giro financeiro era de 1,18 bilhão de reais.

O tom positivo ganhava respaldo ainda nas fortes altas do minério de ferro na China, que impulsionavam ações de empresas ligadas a siderurgia e mineração.

Apesar da busca por recuperação, analistas não descartam alguma volatilidade, em meio à espera pela divulgação da lista do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal (STF) com pedido de abertura de inquérito para políticos citados em delações no âmbito da Lava Jato, o que pode acontecer ainda esta semana.

"É possível que tal tensão altere o ritmo das discussões e da tramitação das reformas no Congresso, algo que precisará ser acompanhado de perto", escreveram analistas da corretora Guide Investimentos, em nota a clientes.

Os próximos dias também concentram uma agenda relevante no exterior, incluindo a decisão do Federal Reserve sobre a taxa de juros nos Estados Unidos. Após recentes declarações de autoridades do Fed e de dados sobre o mercado de trabalho norte-americano, a expectativa é que o banco central suba os juros na quarta-feira.

A segunda-feira marca ainda a volta do pregão ao seu horário regular, das 10h às 17h, com os negócios do after market entre 17h25 e 17h30. Desde 17 de outubro, as operações vinham acontecendo uma hora a mais, sem o after market.

  Continuação...