Estivadores marcam greve de 24 horas contra reformas, diz agência marítima

terça-feira, 14 de março de 2017 12:43 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - Sindicatos de estivadores agendaram para quarta-feira uma greve de 24 horas em todos os portos brasileiros, em protesto contra eventuais perdas de direitos trabalhistas em meio às discussões da reforma da previdência, informou a agência marítima Williams em boletim aos clientes.

Não foi possível falar imediatamente com representantes dos estivadores. O movimento teria o potencial de atrasar o embarque de mercadorias do Brasil, grande exportador global de commodities agrícolas.