Terminal da VLI expande operação e eleva capacidade para grãos e açúcar em Santos

terça-feira, 14 de março de 2017 17:52 BRT
 

Por Gustavo Bonato

SANTOS (Reuters) - Técnicos ainda fazem ajustes na estrutura que despeja soja no navio e operários trabalham em ritmo acelerado para concluir as obras de mais um espaço para atracação no Tiplam, em Santos, numa demonstração de que o mais novo terminal exportador agrícola do país entrou no mercado com velocidade máxima, em meio a uma safra recorde.

O Tiplam, operado pela empresa de logística VLI, começou a exportar produtos do agronegócio ainda em janeiro, com um novo berço de atracação, e já embarcou 330 mil toneladas de grãos e 60 mil toneladas de açúcar nestas primeiras semanas de operação.

Agora, com as obras de expansão 97 por cento concluídas, o objetivo é acionar o segundo berço de exportação já entre o fim de março e o início de abril, revelou à Reuters um executivo da empresa.

"O (primeiro novo) berço está cheio e a tendência é o segundo berço encher também", disse o gerente-geral do Tiplam, Alessandro Gama, durante uma visita da Reuters ao terminal.

A VLI, proprietária do Tiplam, tem entre os acionistas a mineradora Vale (fatia de 37,6 por cento), o fundo canadense Brookfield (26,5 por cento), a japonesa Mitsui (20 por cento) e Fundo de Investimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (15,9 por cento).

"A gente acabou de começar e o sistema está sendo exigido praticamente no máximo", disse Gama, comemorando a forte demanda por embarques no terminal, em meio a uma colheita histórica de soja e às perspectivas de exportação de grandes volumes de açúcar nos próximos meses.

O Tiplam está localizado quase 20 quilômetros após a entrada do canal de acesso a Santos, cercado por mata nativa e bem distante dos tradicionais terminais que operam na área de porto público.

Após anos operando apenas um berço com cargas como enxofre, rocha fosfática, fertilizantes e amônia, o terminal recebeu 2,2 bilhões de reais em investimentos para tornar-se rapidamente um dos principais terminais de exportação de grãos e açúcar do Brasil.   Continuação...

 
Trator manuseia soja estocada em terminal da Tiplam em Santos, no Brasil
13/03/2017
REUTERS/Paulo Whitaker