ENTREVISTA-ONS vê geração de Belo Monte limitada por breve período devido a atraso em linha

quarta-feira, 15 de março de 2017 17:01 BRT
 

Por Luciano Costa

SÃO PAULO (Reuters) - A hidrelétrica de Belo Monte, no Pará, deverá ter a geração limitada por um breve período entre o final de 2017 e fevereiro de 2018, até que esteja concluído um enorme linhão que conectará a usina ao Sudeste, disse à Reuters nesta quarta-feira o diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luiz Eduardo Barata.

O problema deve acontecer porque uma primeira linha para ligar a usina do Rio Xingu ao sistema foi abandonada antes do início das obras pela espanhola Abengoa, que passa por crise financeira, e um segundo linhão a cargo da chinesa State Grid e da Eletrobras só deverá estar pronto no ano que vem.

Belo Monte já iniciou as operações, com a energia sendo enviada para a rede por meio de uma conexão elétrica existente, mas conforme mais máquinas forem acionadas a usina precisaria de novas estruturas de transmissão.

"Continua entrando máquinas e não tem o sistema da Abengoa... durante o período seco, a vazão no Xingu é bem baixa mesmo, então nós só devemos ter restrição no escoamento quando começar a estação chuvosa, no final deste ano, e se o linhão não tiver entrado, o que é previsto para fevereiro. É um período curto em que poderá haver restrição de escoamento", disse Barata.

Ele também afirmou que uma antecipação das obras do linhão para evitar essa restrição está praticamente descartada, apesar de apelos do governo feitos à State Grid e à Eletrobras.

"Essa intenção continua, e temos dito a eles que qualquer dia que você antecipar é bom, porque estará aproveitando o período úmido do Xingu... mas a chance é pequena", disse.

O linhão, em ultra-alta tensão, tem sofrido problemas em alguns trechos por problemas de desempenho da empreiteira chinesa SEPCO1, mas o ONS acredita que é possível recuperar o tempo perdido.

"A impressão é que as coisas estão caminhando bem, não temos ainda no radar possibilidade de atraso desse linhão previsto para fevereiro... a bandeira está verde ainda", disse Barata.   Continuação...