G20 repetirá garantias sobre câmbio, mas não há acordo sobre rejeitar protecionismo

sexta-feira, 17 de março de 2017 07:16 BRT
 

BADEN BADEN, Alemanha (Reuters) - Os líderes financeiros mundiais vão repudiar desvalorizações competitivas e alertar contra a volatilidade da taxa de câmbio, segundo o esboço de comunicado do G20 visto pela Reuters, mas ainda não chegaram a uma postura comum sobre o comércio e o protecionismo.

O esboço do comunicado da reunião de ministros das Finanças e membros de bancos centrais das 20 maiores economias do mundo, que ainda pode mudar e será publicado apenas no sábado, também afirma que a política monetária continuará sustentando o crescimento e a estabilidade de preços, mas não pode sozinha levar a um crescimento econômico equilibrado.

(Reportagem de Jan Strupczewski)