Temer diz que "alarde" sobre carne brasileira cria embaraço econômico ao país

terça-feira, 21 de março de 2017 09:47 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Michel Temer reconheceu nesta terça-feira, em discurso para uma plateia composta de investidores estrangeiros, que a operação Carne Fraca causa um "embaraço econômico” para o país, mas afirmou que não se pode deixar impune um “alarde” que não atinge todo o setor.

“Não podemos deixar transitar impunemente um alarde que não alcança a totalidade dos frigoríficos e dos exportadores brasileiros”, afirmou o presidente em discurso na Conferência das Cidades Latino-Americanas 2017, organizada pelo Council of the Americas.

A Polícia Federal deflagrou na semana passada a operação Carne Fraca, que denunciou fiscais agropecuários e frigoríficos por suspeita de pagamento de propina para facilitação da liberação de carne em situação irregular. Alguns dos principais compradores de carne brasileira, como a China, suspenderam temporariamente a importação.

Em seu discurso, Temer ainda exortou os empresários a investirem no Brasil, afirmando que o governo já conseguiu alguns “feitos razoáveis”, como a redução da inflação e dos juros.

“Aquilo que se prometia no segundo semestre está acontecendo agora”, disse, acrescentando esperar que os juros no país estarão em um dígito até o final do ano.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

 
Presidente Michel Temer fala durante reunião da Câmara Americana de Comércio em São Paulo


20/03/2017        REUTERS/Paulo Whitaker