March 21, 2017 / 3:41 PM / in 4 months

Demanda por voos no Brasil recua 4,9% em fevereiro, diz Abear

3 Min, DE LEITURA

SÃO PAULO (Reuters) - A demanda por voos no Brasil recuou 4,9 por cento em fevereiro na comparação com o mesmo mês do ano anterior, acelerando a retração no mercado de aviação doméstica e marcando o 19º mês seguido de resultado negativo, informou a associação das companhias aéreas, Abear, nesta terça-feira.

"Em termos absolutos, a demanda de fevereiro de 2017 foi a menor para o mês desde 2013", disse a Abear. Em janeiro, houve queda de 1,38 por cento na demanda na base anual.

A oferta recuou 5,8 por cento no mês passado na comparação ano a ano, completando 18 meses de queda, e atingiu, em valores absolutos, o menor nível para o mês desde 2011.

Desse modo, a taxa de ocupação dos voos domésticos avançou 0,79 ponto percentual, para 79,23 por cento. De acordo com a Abear, foram realizadas pouco mais de 6,6 milhões de viagens no mês passado, volume 4,8 por cento inferior ao verificado no mesmo período de 2016.

No mercado doméstico, a Gol liderou em participação em fevereiro, com 35,78 por cento, ante 36,27 por cento em fevereiro do ano anterior, seguida por Latam, com 32,47 por cento, ante 35,75 por cento. A Azul veio em terceiro lugar, com 18,36 por cento, contra 16,64 por cento anteriormente, e a Avianca em quarto, com 13,39 por cento, ante 11,34 por cento.

No acumulado dos dois primeiros meses do ano, a demanda doméstica acumulou baixa de 2,9 por cento e a oferta consolidada caiu 4,1 por cento em relação ao mesmo período de 2016, com a taxa de ocupação ficando em 82,09 por cento.

Mercado Internacional

No segmento de voos internacionais, houve crescimento de 6,8 por cento da demanda e alta de 0,6 por cento da oferta. O fator de aproveitamento subiu 4,95 pontos percentuais, para 85,34 por cento de ocupação dos voos. O total de passageiros transportados no mês chegou a 665 mil clientes, alta de 8,5 por cento.

"Os totais absolutos de oferta, demanda e passageiros são os mais elevados para qualquer mês de fevereiro para o conjunto das aéreas brasileiras no mercado internacional", disse a Abear.

A associação também destacou em nota que continua a se verificar a tendência de aumento das demandas mensais recentes das aéreas brasileiras como resultado de uma maior participação no mercado total ante as rivais estrangeiras ao longo de 2016,

A Latam foi líder no segmento internacional com fatia de mercado de 78,87 por cento, ante 77,59 por cento em fevereiro de 2016, seguida por Gol, com 11,52 por cento, ante 12,62 por cento anteriormente. A Azul teve fatia de 9,49 por cento, contra 9,70 por cento anteriormente, e a Avianca ficou com 0,12 por cento do mercado, ante 0,09 por cento.

No acumulado do primeiro bimestre, a demanda por viagens internacionais subiu 6 por cento e a oferta avançou 1,3%, o que culminou em um aproveitamento médio de 86,64 por cento no período, mostrou a Abear.

O transporte aéreo doméstico de cargas aumentou 12,2 por cento em fevereiro na comparação anual.

Por Paula Arend Laier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below