Recuperação econômica deve começar ainda neste trimestre, diz Ilan

terça-feira, 21 de março de 2017 14:12 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, destacou nesta terça-feira que a expectativa é de que a recuperação econômica do Brasil comece ainda neste trimestre, reafirmando a necessidade de reformas, principalmente da Previdência, para a retomada do crescimento.

"A persistência nessa direção, em particular em relação à aprovação da reforma da Previdência, será crucial", disse ele durante apresentação a empresários em evento em Brasília.

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro contraiu 3,6 por cento em 2016, após queda de 3,8 por cento em 2015, na mais longa recessão do país. Segundo Ilan, os juros mais baixos devem contribuir para restaurar o crescimento econômico conforme o governo avança com uma ambiciosa agenda de reforma.

Diante de um cenário favorável de inflação e com as expectativas ancoradas, o Banco Central vem promovendo o corte da taxa básica de juros Selic, atualmente em 12,25 por cento após uma redução de 2 pontos percentuais no total.

"O afrouxamento da política monetária deve contribuir para a retomada do crescimento, junto com outros esforços de política", completou.

Ilan repetiu ainda que o governo irá decidir sobre a meta de inflação de 2019 em junho, afirmando que a economia está agora menos vulnerável a choques externos.

(Reportagem de Leonardo Goy)