March 22, 2017 / 2:08 PM / 4 months ago

ANA autoriza testes para nova redução de vazão na hidrelétrica de Sobradinho

2 Min, DE LEITURA

SÃO PAULO (Reuters) - A Agência Nacional de Águas (ANA) autorizou a realização de testes em duas etapas para reduzir a vazão média diária do reservatório da hidrelétrica de Sobradinho, no Nordeste, para 650 metros cúbicos por segundo (m³/s) e posteriormente para 600 m³/s, segundo despacho da autarquia no Diário Oficial da União.

A vazão da usina tem sido gradualmente reduzida desde o nível em condições normais, de 1.300 m/s³, em meio a anos de forte seca no Nordeste, para segurar água no reservatório, que é importante tanto para a geração de energia quanto para o abastecimento humano na região.

Os testes deverão durar um mínimo de cinco dias para cada etapa de redução da vazão média, que está atualmente em 700 m/s³.

A Chesf, subsidiária da Eletrobras responsável pela usina de Sobradinho, deverá acompanhar junto com a ANA os testes e avaliar se estes não geraram efeitos indesejados antes de autorizar a segunda etapa de redução.

Uma menor volume de água passando pelas turbinas de Sobradinho, que tem o maior reservatório do Nordeste, reduz a geração de energia na região, o que tende a elevar a necessidade de uso de termelétricas e aumentar os preços spot da eletricidade locais, ou Preço de Liquidação das Diferenças (PLD).

O diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luiz Eduardo Barata, afirmou à Reuters na semana passada que seriam feitos testes para reduzir a vazão de Sobradinho a 650m³/s.

Por Luciano Costa

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below