Carne Fraca arranhou imagem do Brasil e pode gerar oscilação de mercado de 10%, diz Maggi

quarta-feira, 22 de março de 2017 14:56 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - As suspeitas em torno da qualidade da carne brasileira, geradas pela operação Carne Fraca da Polícia Federal, arranharam a imagem do Brasil no exterior e podem resultar em uma "oscilação de mercado" para o país em torno de 10 por cento, disse nesta quarta-feira o ministro da Agricultura, Blairo Maggi.

Em audiência conjunta das comissões de Agricultura e de Assuntos Econômicos do Senado, Maggi disse que os importadores de carne brasileira que mais preocupam o governo brasileiro são China e Hong Kong, que ainda não se posicionaram claramente sobre embargos.

Ele disse que nos demais países com que o governo brasileiro discutiu o assunto, as restrições devem se limitar aos 21 frigoríficos colocados sob suspeita pela PF.

(Por Maria Carolina Marcello)