Governo aponta rombo de R$58,2 bi para meta fiscal, mas não anuncia contingenciamento

quarta-feira, 22 de março de 2017 19:03 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O governo federal divulgou nesta quarta-feira um rombo de 58,2 bilhões de reais nas contas públicas para o cumprimento da meta fiscal desde ano, mas não anunciou contingenciamento das despesas no relatório de Receitas e Despesas do primeiro bimestre enviado ao Congresso Nacional.

O governo vai divulgar o contingenciamento e um possível aumento de impostos somente na próxima terça-feira, quando o Executivo deve apresentar ao Congresso as medidas para garantir o cumprimento da meta fiscal.

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que o contigenciamento será menor do que 58,2 bilhões de reais, e que há uma "boa possibilidade" de haver aumento tributário para cobrir parte desse valor.

Meirelles disse que o governo não anunciou o contigenciamento pois está esperando decisões judiciais que podem impactar a receita. O governo estima ingresso de cerca de 16 bilhões de reais por decisões do Judiciário e que isso diminuirá a pressão por cortes.

(Por Marcela Ayres)