23 de Março de 2017 / às 11:54 / em 5 meses

Chinesa CNOOC tem pior resultado desde pelo menos 2011; prevê alta da produção

PEQUIM (Reuters) - A petroleira chinesa CNOOC registrou seu pior resultado anual desde pelo menos 2011, com a receita de seus principais negócios de petróleo e gás caindo 17 por cento no ano passado, mas tem expectativa de aumentar a produção em 2017 com a recuperação dos preços do petróleo.

A CNOOC registrou lucro líquido de 637 milhões de iuanes (92,5 milhões de dólares) em 2016, uma queda de quase 97 por cento em relação aos 20,2 bilhões de iuanes em 2015.

A receita total de petróleo e gás caiu para 121 bilhões de iuanes, ante 147 bilhões de iuanes em 2015.

"A CNOOC conseguiu obter um minúsculo lucro graças à eficiência de custos e à recuperação do preço do petróleo durante o quarto trimestre", disse o analista Gordon Kwan, da Nomura Research.

A fraqueza no ano passado ocorreu quando a CNOOC reduziu o investimento em exploração e produção, diminuiu a produção e viu uma queda nos preços do petróleo e do gás natural.

No Brasil, a CNOOC é uma das sócias da Petrobras na área de Libra, na Bacia de Santos, ainda em exploração e considerada pelo governo brasileiro a área mais promissora do pré-sal.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below