Conselho da Usiminas decide afastar Rômel Erwin de Souza da presidência-executiva, dizem fontes

quinta-feira, 23 de março de 2017 16:23 BRT
 

Por Guillermo Parra-Bernal

SÃO PAULO (Reuters) - O conselho de administração da Usiminas decidiu nesta quinta-feira afastar o presidente-executivo da siderúrgica pela segunda vez desde o ano passado, promovendo o executivo Sérgio Leite, da diretoria comercial, para o comando da produtora de aço, afirmaram três fontes com conhecimento do assunto.

Por maioria de votos, o conselho de 11 membros da Usiminas decidiu afastar o executivo Rômel Erwin de Souza da presidência, em mais um capítulo da disputa pelo controle da companhia travada pelos grupos Techint e Nippon Steel desde 2014. Souza é defendido pelo grupo japonês enquanto Leite é apoiado pelo grupo italiano.