BRF diz que continua exportando algumas carnes para a Arábia Saudita

domingo, 26 de março de 2017 10:55 BRT
 

DUBAI (Reuters) - A brasileira BRF disse que está mantendo algumas exportações para a Arábia Saudita, depois que o reino restringiu as importações brasileiras de carne bovina e de aves, após acusações de que um esquema de corrupção no Brasil permitiu a venda de carnes podres e com salmonela.

A Autoridade de Alimentos e Drogas da Arábia Saudita disse na quarta-feira que proibiu as importações de quatro empresas, incluindo a BRF, citando preocupações sanitárias.

Mas uma porta-voz da BRF disse à Reuters no fim de semana que apenas uma de suas plantas estava coberta pela ordem, sem especificar o volume de exportações afetadas.

"Todas as outras fábricas, incluindo as plantas que exportam para a Arábia Saudita, permanecem funcionais", disse a empresa em comunicado.

As autoridades sauditas não puderam ser contatadas para comentários.