CPFL Energia escolhe Credit Suisse para avaliar valor da companhia

segunda-feira, 27 de março de 2017 17:19 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A CPFL Energia informou que seus acionistas decidiram nesta segunda-feira, em assembleia, pela contratação do banco Credit Suisse para elaborar um laudo de avaliação do valor econômico das ações da companhia, para que a State Grid realize uma oferta pública unificada para aquisição (OPA) de papéis da elétrica.

A chinesa State Grid passou a ser controladora da CPFL após comprar a fatia da Camargo Corrêa e de fundos na companhia, e agora prepara uma OPA que poderá tirar a elétrica da bolsa. Na assembleia, os acionistas da CPFL também aprovaram a saída da companhia do Novo Mercado da BM&FBovespa, condicionada aos termos e condições da OPA.

A contratação do Credit Suisse, que fazia parte de uma lista tríplice ao lado do BNP Paribas Brasil e Deutsche Bank, foi aprovada por votos equivalentes a 25,16 por cento das ações em circulação.

Já o cancelamento do registro da Comisão de Valores Mobiliários como emissora de valores mobiliários categorias "A", e sua conversão para categoria "B", com a saída do Novo Mercado da BM&FBovespa, foi aprovada por 58,81 por cento do capital votante da companhia, segundo ata da assembleia divulgada pela CPFL.

(Por Luciano Costa)