Mercados acionários da China recuam por preocupações com liquidez

terça-feira, 28 de março de 2017 07:42 BRT
 

XANGAI/CINGAPURA (Reuters) - Os mercados acionários da China recuaram nesta terça-feira devido a preocupações com o aperto das condições de liquidez depois que o banco central não injetou fundos de curto prazo no sistema bancário pela terceira sessão consecutiva.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,22 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,43 por cento.

O Banco do Povo da China não realizou as operações de mercado aberto novamente nesta terça-feira, dizendo que os níveis de liquidez no sistema bancário são "apropriados" e não havia nenhuma razão para injetar mais fundos.

Por outro lado, o restante dos mercados da região avançou com o nervosismo sobre o revés sofrido por Donald Trump no projeto de reforma do sistema de saúde dando lugar a expectativas sobre as políticas de estímulo planejadas pelo presidente dos Estados Unidos.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha alta de 0,67 por cento às 7:40 (horário de Brasília).

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 1,14 por cento, a 19.202 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,63 por cento, a 24.345 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,43 por cento, a 3.252 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,22 por cento, a 3.470 pontos.   Continuação...