Bovespa opera sem tendência definida, em sessão de noticiário corporativo intenso

terça-feira, 28 de março de 2017 11:13 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista oscilava entre leves altas e baixas nesta terça-feira, em sessão marcada por noticiário corporativo movimentado que tinha os papéis do Santander liderando a ponta negativa, enquanto Klabin era destaque entre as altas.

Às 11h10, o Ibovespa operava em alta de 0,22 por cento, a 64.447 pontos. O giro financeiro era de 1,6 bilhão de reais.

No campo político local, o mercado aguarda o anúncio do governo sobre os cortes de gastos que pode ficar para quarta-feira, segundo o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles.

O ministro afirmou na noite passada que o governo estima receitas extras de cerca de 17 bilhões de reais para 2017 com devolução à União de hidrelétricas e com questão envolvendo precatórios, recursos que diminuiriam a necessidade de contingenciamento e de aumento de impostos para cobrir o rombo de 58,2 bilhões de reais para o cumprimento da meta de déficit primário deste ano, de 139 bilhões de reais para o governo central.

Nos Estados Unidos, investidores seguem monitorando a situação política para avaliar os impactos da primeira derrota do presidente Donald Trump no legislativo para as demais propostas de reformas. Além disso, o mercado aguarda ainda para esta tarde as declarações da chair do Federal Reserve, Janet Yellen, com a expectativa que ela possa dar mais sinalizações sobre a trajetória de alta de juros norte-americanos.

DESTAQUES

- VALE PNA subia 1,82 por cento e VALE ON ganhava 1,2por cento. A empresa confirmou na noite passada a escolha de Fabio Schvartsman, atual presidente-executivo da empresa de papel e celulose Klabin para assumir o posto de diretor presidente da mineradora, escolha bem recebida por analistas que consideram o executivo experiente. Na véspera, as ações da mineradora subiram após reportagens na mídia anteciparem a informação.

  Continuação...