Bovespe sobe 0,52% com noticiário corporativo intenso; Santander tem forte recuo

terça-feira, 28 de março de 2017 17:41 BRT
 

Por Flavia Bohone

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista fechou em alta nesta terça-feira, em sessão de intenso noticiário corporativo que teve os papéis da Raia Drogasil entre as maiores altas, enquanto Santander liderou as perdas.

O Ibovespa subiu 0,52 por cento, a 64.640 pontos. Na mínima do dia, o índice caiu 0,4 por cento, enquanto teve alta de 0,84 por cento no melhor momento do pregão. O giro financeiro somou de 8 bilhões de reais.

Os ganhos em Wall Street, após dados mostrarem que a confiança do consumidor dos Estados Unidos subiu para máxima em mais de 16 anos, também ajudaram a manter o tom positivo do mercado local. O S&P 500 fechou em alta de 0,73 por cento

O noticiário político local permaneceu mais esvaziado nesta sessão, com o mercado à espera de notícias sobre cortes de gastos e aumento de impostos. O Ministério da Fazenda informou que o anúncio sobre o contingenciamento do Orçamento será feito somente no fim da tarde de quarta-feira.

Na noite passada, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou que o governo estima receitas extras de cerca de 17 bilhões de reais para 2017 com devolução à União de hidrelétricas e com questão envolvendo precatórios.

DESTAQUES

- VALE PNA subiu 1,93 por cento e VALE ON ganhou 1,43 por cento, após a empresa confirmar a escolha de Fabio Schvartsman, atual presidente-executivo da empresa de papel e celulose Klabin, para assumir o posto de diretor presidente da mineradora, escolha bem recebida por analistas que consideram o executivo experiente. Na véspera, as ações da mineradora subiram após reportagens na mídia anteciparem a informação.   Continuação...