Eletrobras questiona cálculo da Aneel sobre dívida com fundo CCC

quarta-feira, 29 de março de 2017 10:01 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Eletrobras informou nesta quarta-feira que "não concorda" com a decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) de concluir fiscalização e apontar que sua subsidiária Amazonas Energia teria recebido cerca de 3,7 bilhões de reais a mais em recursos do fundo setorial CCC entre 2009 e 2016.

Em comunicado ao mercado, a Eletrobras disse que ficou sabendo da decisão pela imprensa e que "não foi notificada pela Aneel acerca da conclusão da fiscalização".

Ao contrário, a empresa disse entender que suas distribuidoras têm recursos a receber da CCC, ou Conta de Consumo de Combustíveis, e de outro fundo setorial, a CDE, ou Conta de Desenvolvimento Energético.

"O atraso no repasse de recursos vem causando desequilíbrio à prestação de serviços de atendimento ao sistema isolado e inadimplência com fornecedores de combustível... o objeto da questão reportada pela imprensa se trata de créditos devidos pela CCC, mas ainda não integralmente recebido pelas suas distribuidoras por não ter sido concluída fiscalização", disse a companhia.

(Por Luciano Costa)