30 de Março de 2017 / às 18:07 / 5 meses atrás

Índice alemão se aproxima de recorde e mercados europeus fecham em alta

LONDRES (Reuters) - Os mercados acionários europeus fecharam em alta nesta quinta-feira, sustentados pela alta nas ações de indústrias e commodities, enquanto o índice alemão se aproximou das máximas recordes.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,47 por cento, a 1.501 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,51 por cento, a 380 pontos, nível mais alto em quase 16 meses.

Já o índice alemão DAX avançou 0,4 por cento, a 12.256 pontos, apenas 1,1 por cento abaixo da máxima recorde atingida quase dois anos atrás.

Operadores disseram que os investidores estão cada vez mais confiantes em relação às perspectivas para as ações da região diante a melhora da economia, compensando agitações políticas antes das eleições na França e na Alemanha e do divórcio do Reino Unido da União Europeia.

"As chances de uma nova máxima recorde estão atraindo investidores e os levando a comprar mais ações", disse o gerente da QC Partners Thomas Altmann, referindo-se aos ganhos contínuos no índice alemão.

"Os riscos são completamente ignorados. Ao mesmo tempo, as negociações do Brexit podem levar a surpresas desagradáveis a qualquer momento", alertou ele.

O índice de recursos básicos da Europa registrou a maior alta nesta quinta-feira, de 1,6 por cento, diante dos preços mais altos dos metais e dos ganhos entre as mineradoras Glencore, Rio Tinto e Anglo American

As ações relacionadas ao petróleo avançaram 1,2 por cento, depois que o Kuwait deu apoio à extensão dos cortes de produção da Opep em uma tentativa de reduzir o excesso global. O índice tem tido o pior desempenho na Europa até agora, mas alguns investidores acreditam que as vendas foram exageradas.

Os ganhos entre as ações relacionadas à indústria também deram suporte, com a Siemens subindo 1,5 por cento, e com a Saint Gobain e a Schneider Electric com alta de 2,1 e 1,1 respectivamente.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,05 por cento, a 7.336 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,20 por cento, a 12.064 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,24 por cento, a 5.020 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,10 por cento, a 20.188 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,15 por cento, a 10.309 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,44 por cento, a 4.688 pontos.

Por Kit Rees

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below