Mercados da China avançam mas têm pior semana desde dezembro

sexta-feira, 31 de março de 2017 07:43 BRT
 

CINGAPURA/XANGAI (Reuters) - Os mercados acionários da China avançaram nesta sexta-feira e encerraram sequência de quatro dias de queda, mas ainda assim os principais índices tiveram a maior perda semanal desde meados de dezembro devido a preocupações sobre a liquidez mais apertada e as restrições no investimento imobiliário, reduzindo o apetite por risco.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,57 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,39 por cento.

Na semana, porém, o CSI caiu 1 por cento, enquanto SSEC recuou 1,4 por cento. No mês, o CSI teve queda de 0,1 por cento e o SSEC de 0,6 por cento.

Os gestores de fundos chineses recomendam a redução da exposição a ações nos próximos três meses com a manutenção de preocupações como a liquidez menor, mesmo que novos dados tenham indicado que a economia está se estabilizando e melhorando, mostrou uma pesquisa mensal da Reuters.

No restante da região os mercados caíram, com os investidores equilibrando posições no último dia do trimestre.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha queda de 0,64 por cento às 7:42 (horário de Brasília). O índice acumula alta de 12,5 por cento no trimestre.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,81 por cento, a 18.909 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,78 por cento, a 24.111 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,39 por cento, a 3.222 pontos.   Continuação...