5 de Abril de 2017 / às 12:20 / em 6 meses

Carvão sobe mais de 8% na China após ciclone afetar embarques na Austrália

MANILA (Reuters) - Os contratos futuros do carvão de coque saltaram mais de 8 por cento na China para máximas de quatro meses nesta quarta-feira, em meio a preocupações com a oferta mais apertada após ciclone Debbie atingir a Austrália, afetando as exportações do maior fornecedor global.

A alta dos preços chineses acompanhou um aumento de 43 por cento nos últimos dois dias nos futuros do carvão de coque premium australiano cotados em Cingapura.

Os mercados financeiros da China estiveram fechados na segunda-feira e terça-feira por feriados.    O carvão de coque para a entrega em maio na bolsa de Dalian fechou em alta de 8,5 por cento, a 1.376,50 iuanes (200 dólares) a tonelada, após ter subido para 1.383 iuanes, seu valor mais alto desde 30 de novembro.

O estrategista de commodities da ANZ Bank, Daniel Hynes, disse que embarques de cerca de 13 milhões de toneladas de carvão de coque da Austrália foram interrompidos.

Nos outros mercados relacionados à siderurgia, o vergalhão de aço negociado na bolsa Xangai subiu 1,8 por cento para 3.222 iuanes por tonelada, enquanto o minério de ferro em Dalian avançou 0,6 por cento para 559,50 iuanes por tonelada.

Por Manolo Serapio Jr

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below