Incerteza sobre reforma da Previdência pesa e Bovespa cai 1,5%

quarta-feira, 5 de abril de 2017 18:06 BRT
 

Por Aluísio Alves

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice acionário brasileiro recuou nesta quarta-feira, em meio a receios de investidores de que governo de Michel Temer não consiga aprovar a reforma da Previdência.

Puxado principalmente pelas ações dos setores bancário e de metais, o Ibovespa recuou 1,51 por cento, para 64.774 pontos. O giro financeiro da sessão somou 7,8 bilhões de reais.

Segundo operadores, após um sobe e desce nas primeiras horas de pregão, o mercado já vinha sinalizando perda de fôlego após recuo das cotações dos metais no mercado internacional.

O movimento vendedor ganhou força, contudo, após divulgação de um levantamento feito pelo Grupo Estado com parlamentares, que apontou que o governo Temer teria dificuldade para aprovar hoje a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados.

"Isso azedou os negócios de vez", disse Luiz Roberto Monteiro, assessor de investimentos da Renascença DTVM.

DESTAQUES

  Continuação...