Lagarde alerta para efeitos do protecionismo sobre a recuperação econômica

quarta-feira, 12 de abril de 2017 08:35 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - A recuperação econômica está ganhando força, mas pode ser golpeada por uma "espada de protecionismo" que ameaça agora o comércio global, afirmou nesta quarta-feira a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde.

Falando antes das reuniões de primavera do FMI e do Banco Mundial na próxima semana em Washington, Lagarde pediu que os países fortaleçam a arquitetura do livre comércio pós-guerra através da cooperação multilateral para resolver questões como a redução dos desequilíbrios externos excessivos.

As declarações preparadas dela não mencionavam especificamente a agenda de comércio do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de "América Primeiro", que busca restringir as importações nos EUA.

Mas ela disse que restringir o comércio seria uma "ferida auto-infligida" que vai interromper as cadeias de oferta e elevar os preços de bens, atingindo com mais força os pobres.

"A boa notícia é que, depois de seis anos de crescimento decepcionante, a economia mundial está ganhando força uma vez que a recuperação cíclica oferece a promessa de mais empregos, renda mais alta e maior prosperidade."

"Ao mesmo tempo, há claros riscos: incerteza política, incluindo na Europa; a espada do protecionismo pairando sobre o comércio global, e condições financeiras globais mais apertadas que podem provocar saída de capital de economias emergentes e em desenvolvimento", completou Lagarde.