Elétrica chinesa Spic finaliza aquisição da Pacific Hydro Brasil e mira expansão

quinta-feira, 13 de abril de 2017 14:24 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A elétrica chinesa State Power Investment Corporation (Spic) finalizou a compra dos ativos da Pacific Hydro Brasil, dando início ao seu plano de expansão no país e na América Latina com foco em energia hídrica e eólica, informou a empresa em uma nota à imprensa.

"Atualmente, o grupo avalia potenciais de ativos de geração hidrelétrica de grande porte, ativos eólicos e a participação nos próximos leiloes eólicos a serem promovidos pelo governo brasileiro", disse a Spic.

Recentemente, o grupo adquiriu 27,3 por cento da participação da Astaldi SpA – completando 100 por cento de participação acionária – na hidrelétrica Chacayes de 111 megawatts de capacidade instalada no rio Cachoapal, no Chile.

Além disso, a Spic apresentou uma proposta pela fatia da estatal mineira Cemig na hidrelétrica de Santo Antônio, em Rondônia, segundo uma fonte afirmou à Reuters.

Fruto da fusão entre a antiga China Power e Corporação de Tecnologia de Energia Nuclear do Estado, a Spic possui ativos totais de 113 bilhões de dólares e sua capacidade instalada total ultrapassa 110 mil megawatts. Na China, a Spic está entre os cinco maiores geradores de eletricidade, segundo a companhia.

(Por Marta Nogueira e Luciano Costa)