Regulador chinês defende necessidade de estabilidade no mercado

sábado, 15 de abril de 2017 13:59 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - O presidente do órgão regulador do mercado de capitais da China disse neste sábado que os fiscais das bolsas de valores devem "brandir suas espadas" e combater qualquer atividade que cause distúrbios na ordem dos mercados.

O presidente da Comissão Regulatória de Valores Mobiliários da China, Liu Shiyu, disse em um discurso aos membros da bolsa de valores de Shenzhen que os mercados precisam ter um papel central em apoiar as estratégias nacionais, reformas no setor empresarial e inovação tecnológica.

"Nós precisamos liberar ainda mais nosso pensamento e ter a coragem de brandir a espada e defender a autoridade jurídica de supervisão... para combater de forma resoluta comportamentos que causem turbulência na ordem do mercado e de forma alguma sermos lenientes", disse Liu.

"As bolsas de valores têm o dever de resguardar a ordem do mercado", disse ele, em um discurso transcrito no site da autoridade regulatória.

Reguladores chineses têm tentando controlar os riscos do mercado financeiro à medida que a atividade especulativa e o endividamento crescem no país, com autoridades prometendo eliminar "fenômenos anormais" nos mercados de capitais.

O combate da China a operações ilegais se intensificou desde a crise no mercado de ações de meados de 2015, quando empresas perderam quase 3 trilhões de dólares em valor de mercado.

(Por Michael Martina)