Netflix amarga pior dia na bolsa em cinco meses

terça-feira, 18 de abril de 2017 16:05 BRT
 

SÃO FRANCISCO, Estados Unidos (Reuters) - As ações da Netflix caíram de nível recorde nesta terça-feira e caminhavam para a pior sessão em cinco meses depois de resultados trimestrais que não conseguiram impressionar Wall Street.

A ação caía cerca de 3 por cento às 15h54 (horário de Brasília), perdendo força depois atingir recorde na segunda-feira após os resultados de primeiro trimestre, que marcaram o primeiro balanço de uma companhia importante de tecnologia dos Estados Unidos. A queda era a mais intensa desde 10 de novembro.

Embora os resultados da empresa tenham superado as expectativas do mercado para o primeiro trimestre, o crescimento mais lento que o esperado na base de novos clientes foi minimizado por uma previsão da empresa melhor que as estimativas de analistas para o atual trimestre.

As ações da Netflix acumulam alta de 15 por cento este ano. Mas os resultados não foram suficientes para conquistar investidores preocupados com o valor atribuído à empresa, que está sendo negociada a 110 vezes o lucro esperado.

"A companhia provavelmente vai continuar a experimentar volatilidade de trimestre em trimestre, uma vez que o ritmo de novos assinantes e o caminho de uma lucratividade respeitável continuam difíceis de se determinar", disse Steven Frankel, analista da Dougherty.

(Por Noel Randewich)