20 de Abril de 2017 / às 16:56 / em 5 meses

Lagarde diz que FMI pode trabalhar com Trump para melhorar comércio global

WASHINGTON (Reuters) - A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional, Christine Lagarde, disse nesta quinta-feira acreditar que o FMI pode trabalhar com o governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para melhorar o sistema global de comércio, mas advertiu contra comprometer o livre comércio em seu papel de motor de crescimento.

Em entrevista coletiva na abertura das reuniões do FMI e do Banco Mundial em Washington, Lagarde disse que o FMI viu a necessidade de reduzir os subsídios e outras distorções comerciais que limitam a concorrência, mas também disse que “medidas protecionistas” precisam ser evitadas.

“Dos vários contatos que tive com a administração até agora, tenho todos os motivos para acreditar que faremos progresso, que cooperaremos todos juntos para apoiar e, de fato, melhorar o sistema como o temos”, disse Lagarde.

Mas enquanto ela falava o presidente dos EUA se preparava para assinar uma decreto presidencial para estudar se as importações de aço dos Estados Unidos poderiam ser restringidas por razões de segurança nacional, de acordo com uma lei aprovada em 1962.

Lagarde disse que o crescente número de disputas e violações de regras na Organização Mundial do Comércio mostrou que “há claramente uma questão que precisa ser resolvida”.

Por David Lawder

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below