Wall Street cai antes da eleição francesa, mas sobe na semana

sexta-feira, 21 de abril de 2017 17:56 BRT
 

Por Chuck Mikolajczak

NOVA YORK (Reuters) - As bolsas dos EUA caíram nesta sexta-feira, com os investidores cautelosos antes da primeira rodada da eleição presidencial francesa, mas o S​&P 500 teve o primeiro ganho semanal em três.

O Dow Jones caiu 0,15 por cento, para 20.547 pontos, o S&P 500 perdeu 0,30 por cento, para 2.348 pontos e o Nasdaq caiu 0,11 por cento, para 5.910 pontos.

O resultado do primeiro turno da eleição presidencial francesa no domingo é imprevisível, disseram pesquisadores.    Na maioria das pesquisas, o candidato de centro Emmanuel Macron e a líder de extrema-direita Marine Le Pen se classificam no domingo para uma corrida de 7 de maio, mas o conservador Francois Fillon e o esquerdista Jean-Luc Melenchon não estão muito atrás e dentro da margem de erro.    "Ninguém está dando nada como certo após o que aconteceu na Grã-Bretanha e aqui", disse Jack Ablin, diretor de investimentos do BMO Private Bank em Chicago.

Na semana, o Dow Jones subiu 0,5 por cento, o S&P ganhou 0,8 por cento e o Nasdaq avançou 1,8 por cento no primeiro ganho semanal dos principais índices nas últimas três semanas.

Um fluxo contínuo de ganhos sólidos durante a semana ajudou a estimular o sentimento do mercado.    De acordo com dados da Thomson Reuters, das 95 empresas do S&P 500 que reportaram ganhos até esta sexta-feira, cerca de 75 por cento superaram as expectativas, acima da média de 71 por cento dos últimos quatro trimestres.    No geral, a expectativa de alta dos lucros das empresas S&P 500 é de 11,2 por cento no trimestre, o maior desde 2011.    As ações da General Electric caíram 2,4 por cento após a companhia informar fluxo de caixa negativo de suas operações industriais no primeiro trimestre.     A Mattel caiu após a fabricante de brinquedos reportar perda trimestral maior do que a esperada.     O vice-presidente do Federal Reserve, Stanley Fischer, disse à CNBC que o banco central continua no caminho para mais dois aumentos de taxa de juros este ano, apesar de alguns dados econômicos suaves recentemente.