25 de Abril de 2017 / às 12:02 / em 6 meses

Justiça de MG nega recurso da Nippon Steel para anulação de eleição de presidente da Usiminas

SÃO PAULO (Reuters) - A Justiça de Minas Gerais rejeitou recurso da Nippon Steel para anulação da reunião do conselho de administração da Usiminas que elegeu no final de março Sergio Leite como presidente-executivo da siderúrgica brasileira no lugar de Rômel Erwin de Souza.

A juíza Soraya Brasileiro Teixeira, da 1ª Vara Empresarial de Belo Horizonte, negou o recurso de antecipação de tutela requerida pela Nippon Steel, que integra o grupo de controle da Usiminas, segundo decisão emitida na segunda-feira.

A Nippon Steel afirmava que a eleição de Leite havia sido ilegal pois, segundo a empresa, violou acordo de acionistas da Usiminas ao não contar com o consenso do conselho de administração da siderúrgica brasileira. Já a Ternium-Techint, que divide o controle da Usiminas com a Nippon Steel e defende a eleição de Leite, sustentou que houve perda da confiança do colegiado em Souza após assinatura por ele de um memorando de entendimento para mudança de termos de um contrato de fornecimento de minério de ferro.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below