Boas produtividades na soja da Argentina podem compensar perdas por chuvas e seca

quinta-feira, 27 de abril de 2017 17:57 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - Produtividades acima do esperado em lavouras de soja da Argentina poderiam mais do que compensar a perda de cerca de 1 milhão de hectares após enchentes e secas nesta safra, disse a Bolsa de Grãos de Buenos Aires em seu relatório semanal de safras nesta quinta-feira.

A colheita de soja 2016/17 avançou em 16 pontos percentuais ao longo da última semana para um total de 32,3 por cento da área plantada, disse o relatório.

Embora mais áreas possam ser perdidas devido às persistentes e fortes chuvas, as produtividades deverão no geral superar os níveis médios das últimas cinco safras, acrescentou.

A produção está especialmente forte no nordeste da Argentina e na província de Entre Rios, no leste do país, disse a bolsa.

A bolsa tem uma estimativa de 56,5 milhões de toneladas para a safra. A colheita geralmente ocorre de março a junho.

"Graças às altas produtividades das áreas colhidas até o momento e boas previsões climáticas no curto prazo, é possível que a safra termine com uma colheita maior do que estimado atualmente", disse o relatório.

(Por Maximilian Heath)

 
Engenheiro agrícola analisa lavoura de soja que foi afetada por enchentes perto de Pergamino, na Argentina
23/01/2017
REUTERS/Marcos Brindicci