2 de Maio de 2017 / às 12:08 / 4 meses atrás

Economistas passam a ver mais crescimento e inflação menor este ano

Sede do Banco Central em Brasília. 15/01/2014Ueslei Marcelino

SÃO PAULO (Reuters) - Economistas de instituições financeiras melhoraram pela segunda vez seguida a expectativa para o crescimento da economia neste ano ao mesmo tempo em que reduziram as projeções para a inflação em 2017 e 2018, mantendo a perspectiva de manutenção do corte da taxa básica de juros neste mês na pesquisa Focus do Banco Central.

O levantamento divulgado nesta terça-feira mostrou que a estimativa para a inflação este ano agora é de 4,03 por cento, recuo de 0,01 ponto percentual, na oitava redução seguida.

Para 2018, a expectativa para a alta do IPCA também mostrou menor pressão, pela quarta vez, chegando a 4,30 por cento, sobre 4,32 por cento antes.

Os especialistas consultados também passaram a ver um cenário melhor para a economia, ao elevarem a projeção para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2017 a 0,46 por cento, contra 0,43 por cento na semana anterior. Para 2018, houve manutenção da projeção de expansão em 2,5 por cento.

Em relação à política monetária, permanece a expectativa de novo corte de 1 ponto percentual na taxa Selic, atualmente em 11,25 por cento, na reunião de maio do Comitê de Política Monetária (Copom).

Também não sofreraram alterações as contas de que a taxa básica de juros terminará tanto este ano quanto o próximo em 8,5 por cento, mesma perspectiva vista pelo Top-5, grupo que reúne os que mais acertam as previsões.

Por Camila Moreira

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below