Conselho da Alitalia decide pedir ao governo administração especial

terça-feira, 2 de maio de 2017 11:53 BRT
 

ROMA (Reuters) - A Alitalia informou nesta terça-feira que seu conselho decidiu formalmente pedir ao governo que a empresa aérea seja colocada em administração especial após trabalhadores rejeitarem o plano mais recente de resgate destinado a destravar o financiamento.

Na semana passada, a maioria dos trabalhadores votou contra um plano de reestruturação que visava cortar vagas e salários, tornando impossível para a empresa garantir fundos necessários para manter as operações.

A Alitalia acrescentou que o cronograma de voos deve seguir inalterado.

Uma vez sob administração especial, o governo nomeará um ou vários comissários que avaliarão se a Alitalia pode ser reestruturada, seja como uma empresa autônoma ou por meio de venda total ou parcial, ou se deve ser liquidada.

(Por Alberto Sisto)

 
Um avião da Alitalia decola em um aeroporto em Roma. 12/02/2016 REUTERS/Tony Gentile