ANP estima reservas não riscadas de 9,4 bi barris em 2 prospectos da 3ª Rodada

terça-feira, 2 de maio de 2017 18:51 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Os prospectos de petróleo Peroba e Pau Brasil, no pré-sal da Bacia de Santos, podem conter reservas não riscadas de 5,3 bilhões e 4,1 bilhões de barris de petróleo, respectivamente, segundo estimativas preliminares da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Ambas as áreas serão ofertadas na 3ª Rodada do pré-sal, sob regime de partilha de produção, prevista para o segundo semestre, juntamente com os prospectos Alto de Cabo Frio Central e Alto de Cabo Frio Oeste, cujas estimativas não foram publicadas.

O governo prevê arrecadar 4,35 bilhões de reais com bônus de assinatura na 3ª Rodada de áreas do pré-sal.

As reservas não riscadas estimadas para Peroba e Pau Brasil dizem respeito a todo o volume que pode estar contido nas áreas. Geralmente, quando uma jazida de petróleo é confirmada, apenas uma parcela dos volumes pode de fato ser transformada em produção.

Em geral, há maior certeza sobre o volume a ser extraído quando há estimativas sobre as reservas recuperáveis e provadas.

Em um encontro com jornalistas da imprensa internacional na semana passada, o diretor-geral da ANP, Décio Oddone, ponderou que, ainda que sejam áreas sem exploração aprofundada, Peroba e Pau Brasil têm os menores riscos e o maior conhecimento dentre as áreas da 3ª Rodada.

(Por Marta Nogueira)