China vai intensificar controle de comércio e investimentos em 2017

quarta-feira, 3 de maio de 2017 07:37 BRT
 

PEQUIM (Reuters) - A China vai ampliar o controle de autenticidade e adequação do comércio e dos investimentos neste ano, afirmou nesta quarta-feira o regulador de câmbio, além de aumentar as punições para atividades cambiais ilegais.

O país também espera um superávit na conta corrente e déficit nas contas de capital e financeira para 2017, afirmou a Administração Estatal de Câmbio em seu relatório anual para 2016 publicado em seu site.

O crescimento do déficit comercial de serviços da China vai gradualmente se estabilizar, e o fluxo de capital se tornará mais equilibrado, disse o regulador. Os rendimentos dos investimentos internacionais devem aumentar este ano.

A China também avançará com a reforma do iuan com base no mercado e aumentará a flexibilidade da moeda em 2017, segundo o regulador, acrescentando que vai otimizar a diversificação das reservas cambiais para servir aos objetivos estratégicos do país.