Novas mudanças no texto da Previdência a partir de agora terão que ser feitas por destaque, diz relator

quarta-feira, 3 de maio de 2017 16:41 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O relator da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), disse nesta quarta-feira que novas mudanças na proposta terão que ser feitas via destaques, classificando suas última alterações como "pequenos ajustes".

"Não podemos imaginar que um projeto enviado ao Congresso seria aprovado sem nenhuma modificação", justificou ele, após ter incluído nesta quarta-feira agentes penitenciários, socieoeducativos e policiais legislativos entre os servidores com limite de idade reduzido para acesso à aposentadoria.

(Por Marcela Ayres)

 
Deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), relator da reforma da Previdência, durante coletiva de imprensa no Palácio do Planalto, em Brasília
18/04/2017
REUTERS/Ueslei Marcelino